Alerta: Valentim Gentil registra 17 casos confirmados de dengue em 2015

Materia publicada dia 25/02/2015 - 14:30

Valentim Gentil registra neste ano, até o momento, 17 casos confirmados de dengue e outros 20 casos suspeitos. Embora o número de pessoas infectadas pela doença na cidade ainda seja considerado baixo, o risco de uma epidemia preocupa as autoridades locais.

 

Por meio da Secretaria Municipal de Saúde e da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), a Prefeitura de Valentim Gentil desenvolve medidas diárias de prevenção e combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue.

 

Os agentes de controle de vetores do município percorrem, diariamente, residências, empresas, escolas e terrenos para identificar possíveis focos de larvas do Aedes Aegypti, além de orientar a população durante as visitas. Os locais de risco são acompanhados até que ocorra a eliminação dos focos de acúmulo de água. Pontos estratégicos também são vistoriados periodicamente. Sempre que há um caso suspeito, os agentes, imediatamente, fazem o bloqueio da área afetada e, quando necessário, a nebulização de inseticida contra o mosquito vetor. Também são pontualmente desenvolvidas ações educativas, como palestras nas escolas e panfletagem nos domicílios.

 

A Prefeitura ainda realiza, anualmente, desde 2013, a dedetização interna e externa em todos os departamentos e setores municipais.

 

Epidemia

Vale lembrar que, na região, há cidades que decretaram situação de emergência em razão do quadro de epidemia de dengue, inclusive com registros de mortes provocadas pela doença.

 

Preocupação redobrada

Embora o combate à dengue deva ser incessante, no verão, a preocupação é redobrada, pois, nessa época de calor e chuvas, o mosquito transmissor, que se reproduz em água parada, encontra as condições ideais para sua proliferação.

 

Colaboração

Somente com a ação do Poder Público não é possível acabar com o Aedes Aegypti. A população também deve colaborar eliminando quaisquer objetos que possam acumular água e denunciando à Sucen possíveis focos de procriação do inseto.

 

Orientação

As pessoas que apresentarem sintomas de dengue, como febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, manchas vermelhas no corpo, dor nos ossos e articulações, náusea e diarreia, devem procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para iniciar o tratamento e eliminar o foco do mosquito no bairro.